mitos e realidade de seus nutrientes

Prato de nhoque. EFE/.-

Artigos relacionados

Segunda-feira 23.01.2017

Segunda-feira 09.01.2017

Segunda-feira 10.10.2016

Sexta-feira 27.05.2016

Terça-feira 22.11.2016

Os nhoques são um tipo de comida italiana (gnocchi), geralmente em forma de esferas.

“É importante saber que sua base é um purê de batata cozida e se entrelaça com algum tipo de farinha. Adiciona-Se óleo de oliva e, dependendo da receita, um ovo. É uma alternativa para a pasta para aqueles intolerantes ao glúten”, explica Anabel Aragão, responsável pela Saúde e Nutrição da Nestlé.

Como seu ingrediente principal é a batata, que é fonte de carboidrato, e fornece grande quantidade de energia.

A batata

Há 500 anos, na época de Cristóvão Colombo, a batata foi levada do Peru, a Espanha e começou a cultivar para alimentar uma população que estava desnutrida. Mais tarde se espalhou por toda a Europa e ajudou a parar a fome.

Atualmente, no Peru, que têm registradas mais de 3.000 variedades de batatas, das quais em Portugal só se consomem três ou quatro.

“Por ser uma cultura típica de climas temperados de alto desempenho, está disponível todo o ano , e é de baixo custo, com o qual é muito útil para abastecer a população”, afirma a especialista.

Aconselhável o seu consumo de forma habitual, tanto por seu interesse nutricional como pelo seu preço acessível. Devem ser armazenadas em um “lugar fresco, seco e protegido da luz solar para evitar que germinem”.

Que traz nutrientes

Os nhoques e as batatas são uma grande fonte de hidratos de carbono complexos, principalmente amido, mas também fornece vitamina C.

“A história conta que os marinheiros espanhóis a comiam a cada dia para se defender do escorbuto, uma doença que é causada pela deficiência de vitamina C”, relata a especialista em saúde.

Além disso, declara que uma batata média, de cerca de 150 gramas e com pele, “fornece 25 mg de vitamina C”, que é quase 1/3 da recomendação diária. Há que saber também, que como muitas frutas ou legumes, grande parte de seus nutrientes encontram-se na pele ou mesmo abaixo dela.

“A vitamina C é muito sensível ao calor, mas se é cozida com pele, as perdas serão menores porque a pele tem um efeito protetor. Além disso, fornece potássio e algumas vitaminas do complexo B e também é baixa em gordura e sódio, por isso é recomendável em todos os tipos de dietas”, expõe João Aragão.

Mitos, as batatas e os nhoques

1. As batatas engordam

É um mito porque as batatas quase não trazem gordura: 0,1 gramas por cada 100 gramas. Pelo contrário, tem uma grande percentagem de água, quase 80%, por isso são consideradas baixas em calorias.

“Uma batata média dá-nos cerca de 130 calorias, o que poderíamos dizer que é pouco, por seu tamanho e poder de saciedade”, garante a especialista em nutrição.

2. Os nhoques engordam mais do que as outras massas

No caso de os nhoques, muitas vezes temos a percepção de que têm muitas calorias, ou que engordam mais do que um prato de massa regular, mas não é bem assim.

“O que vai determinar o seu aporte calórico é o molho que o acompanha. Se o acompanhamos com molho de tomate, terá menos calorias do que se tomamos com molho de queijos ou de cremes”, esclarece.

3. A batata pode ser tóxica

Anabel Aragão: “A batata em seu estado natural, contém um alcalóide chamado solanina e chaconina, que é um tipo de glicoalcaloide. É tóxico porque é uma defesa da própria planta contra os fungos ou insetos e esta substância, que se encontra logo abaixo da pele. Dada a sua toxicidade é aconselhável sempre limpá-los muito bem e ver que estão em bom estado. É importante saber que você pode causar problemas gastrointestinais, cardíacos e hepáticos“.

Recomenda consumir sempre a batata cozida e eliminar as partes esverdeadas (que saem por sua exposição à luz).

Recomendações de consumo

Recomenda-Se o consumo freqüente sempre e quando se cuidem as quantidades e a forma de cozido. São de fácil digestão e têm um elevado poder saciante. Devem ser consumidas ao vapor, cozidas ou assadas. Ao ligeiramente temperados triplicou o seu valor calórico.

“A batata é muito versátil, podemos fazer o tradicional purê de batatas para acompanhar os pratos, cozidas ou um bolo de batata ao forno. Também temos os nossos pratos típicos como o omelete de batatas”, diz Fabiano.

(1 votos, média: 5,00 out of 5)
Loading…

Leave a Reply