Marieta Jiménez, nova presidente e diretora geral da Merck em Portugal

A companhia de ciência e tecnologia Merck anunciou a incorporação de Marieta Jiménez como nova presidente e diretora geral da empresa em Portugal, em substituição de José Ambrosi

Marieta Jiménez, nova presidente e diretora geral da Merck em Portugal/Foto fornecida pela companhia farmacêutica

Artigos relacionados

Segunda-feira 13.08.2018

Quinta-feira 26.07.2018

Quinta-feira 05.07.2018

Marieta Jiménez chega à frente da companhia em Portugal, após desenvolver o posto de diretora-geral, na Suécia, em um momento-chave para a Merck, que o próximo ano vai cumprir 350 anos de existência, e que enfrenta o desafio de lançar um novo produto ou a indicação de cada ano durante os próximos cinco, informa a empresa em um comunicado.

Merck acaba de receber a aprovação da FDA de avelumab para carcinoma de células de Merkel e espera a aprovação da EMA ao longo dos próximos meses, assim como a autorização de cladribina, um novo tratamento oral para a esclerose múltipla.

“Trata-Se de uma grande oportunidade de dirigir uma empresa pioneira em I & D e no desenvolvimento tecnológico, além de uma satisfação por liderar uma equipe de profissionais comprometidos com os nossos valores e do que consideram uma parte prioritária de seu trabalho poder contribuir para melhorar a qualidade de vida dos pacientes”, disse Marieta Jimenez, que reconhece que, além disso, “é um desafio muito grande e um orgulho” voltar a Portugal para colaborar com o progresso da empresa.

A experiência adquirida com a Direcção-Geral da Suécia permitirá que a nova presidente, assinala a nota da empresa, adaptar a Portugal as melhores práticas de uma sociedade que “também conta com um sistema de saúde muito avançado, com um acesso mais igualitário, em que se ultrapassou a barreira do custo para colocar a inovação como prioridade na agenda política”.

Lançamento de novos produtos

Em sua nova posição, a presidente e diretora geral da Merck em Portugal vai cuidar do lançamento de novos produtos, bem como de reforçar a aposta da companhia alemã por três áreas terapêuticas: Oncologia, Imunologia e Imuno-Oncologia.

Neste sentido, acredita-chave potenciar a colaboração com todos os integrantes do sistema, a partir dos pacientes até a Administração pública, passando pelos profissionais de saúde, tais como a comunidade médica e os farmacêuticos hospitalares, etc., “Só assim se poderão alcançar avanços em doenças como o cancro ou a esclerose múltipla”, ressalta a nova directiva.

Antes de se juntar a este novo cargo, Jiménez era a diretora-geral da empresa na Suécia. Sua chegada à empresa ocorreu em 2014 como diretora de Fertilidade, Endocrinologia e Medicina Clínica em Portugal.

Marieta Jiménez, licenciada em Farmácia pela Universidade de Salamanca, conta com mais de 20 anos de experiência em empresas multinacionais da indústria farmacêutica, tais como AstraZeneca, Wyeth e Lilly, ocupando diferentes posições nas áreas de Vendas, Marketing, Desenvolvimento de Negócios e Business Excellence.

(Não Ratings Yet)
Loading…

Leave a Reply