Maquiagem para irradiar beleza em mulheres com câncer de pulmão

Associações que promovem a luta contra o câncer de pulmão, organizaram cerca de oficinas de maquiagem em Barcelona, Madrid e Valência, chamados de ‘Um truque para se sentir bem’, com o fim de dar confiança e segurança para as mulheres que sofrem desta doença.

EFE/Marcelo Sayao

Artigos relacionados

Quinta-feira 06.09.2018

Quinta-feira 06.09.2018

Terça-feira 14.08.2018

Segundo os especialistas, ajuda a melhorar a aparência física das mulheres doentes lhes beneficia a hora de melhorar sua qualidade de vida e também é um estímulo para que continuem na luta contra a sua doença.

A AEACap em colaboração com a Associação para a Investigação do Câncer de pulmão em mulheres (ICAPEM) e WALCE (Women against lung cancer in Europe) foram as encarregadas de criar a oficina que foi realizada em Barcelona, nas instalações do Colégio Oficial de Psicólogos da Catalunha, e ao que participaram um total de 12 mulheres.

Durante esta semana continuarão as oficinas de maquiagem, hoje no Hospital Da paz de Madri e, em seguida, no Hospital Geral Universitário, em Valência.

Uma ferramenta que ajuda o paciente

Para Sangonzálo, a maquiagem é apenas uma ferramenta que ajuda o paciente e o impulsiona a seguir em frente. “Quando as pacientes vêm ao workshop de maquiagem se sentem mal porque perderam seu cabelo ou suas sobrancelhas e chegam muito desesperanzadas, mas pouco a pouco vem a transformação e quando terminam irradiam beleza e se sentem bem depois de estar passando por algo tão difícil”, disse Sangonzálo.

A oficina conta com um esteticista profissional que ministra a aula durante duas horas e dá sugestões e dicas para que os pacientes possam aplicá-los em suas casas. Além disso, oferece um conjunto de maquiagem.

“O câncer de pulmão é uma doença muito dura e queremos mostrar-lhes que o espelho não é o pior inimigo. Pode-se dar pequenos toques que influenciam nos sentirmos melhor”, adicionou a diretora de AEACap.

20.000 novos casos de câncer de pulmão por ano em Portugal

A Cada ano, são diagnosticados mais de 20.000 novos casos de câncer de pulmão em Portugal, um problema que se tem vindo a aumentar nos últimos anos, o que foi feito do câncer de pulmão, a segunda causa de morte, depois das doenças cardiovasculares e a da vez é a primeira causa de morte por câncer.

Na Europa, a mortalidade por câncer de pulmão diminuiu 10% nos homens, mas aumentou 7% em mulheres, aproximando-se da mortalidade por câncer de mama. O fator de risco mais importante para ter um câncer de pulmão é o tabagismo.

(Não Ratings Yet)
Loading…

Leave a Reply