Categoria: Beleza

O Segredo da Pele Saudável e Bonita

O Lado Feio da Pele Saudável e Bonita

Ter uma tigela de morangos depois de um dia ao sol, vai fazer a sua pele um pouco bom. Vendo sua pele faz mais da sua renovação expressa enquanto você está dormindo, recebendo mais do que certamente irá corrigir a sua pele alguma coisa boa. Todo mundo tem uma pele diferente, como você provavelmente notou através da experiência e da observação.

Veja mais: Dermacaps

Pele saudável e Bonita Ajuda!

Descansar adequadamente mesmo durante o dia é o que tornaria sua pele intacta. Sua pele é o seu órgão principal e aquele que espelha seu bem-estar geral. Se você quer ter uma pele saudável e bonita, reduza o açúcar Cortar o açúcar é outra boa dica sobre como manter a pele saudável. Lá você tem algumas dicas incríveis sobre como manter uma pele saudável e bonita, seguindo as dicas acima certamente irá garantir a saúde máxima da sua pele.

Ok, eu Acho que eu Entendo Pele Saudável e Bonita, Agora Conte-Me Sobre a Pele Saudável e Bonita!

Pessoas com diferentes tipos de pele terão que usar diferentes técnicas para manter a pele o mais saudável possível. É mais útil para pessoas que têm pele oleosa. Mantendo algumas precauções em mente, você pode percorrer um longo caminho para alcançar essa pele brilhante e pode manter sua pele radiante como antes.

A introdução de Pele Saudável e Bonita

Você pode hidratar a pele com abacate maduro, o que é muito bom para a pele seca e ressecada. A pele oleosa fica mais oleosa, a pele seca fica irregular, há fugas, espinhas, bronzeamento, erupções cutâneas, aspereza e acne simplesmente não iria embora! Sua pele tem necessidades semelhantes ao resto do seu corpo. Todo mundo quer ter uma pele bonita, no entanto, não podemos alcançá-lo sem saber o que procurar. A pele bonita também tem uma textura suave, livre de solavancos e problemas de pele comuns. Em vez disso, você pode facilmente ter uma pele desejada, seguindo várias rotinas básicas e cuidados diários adequados.

O Apelo da Pele Saudável e Bonita

Se você não tem pele oleosa, opte por um toner especificamente formulado para peles sensíveis. Lave a pele regularmente, mas não com muita frequência A sua pele está protegida e coberta por uma camada de pele morta, boas bactérias e sebo que ajudam a evitar que infecções perigosas e vírus entrem no seu corpo. Pode ter a mesma reação a uma nova rotina de cuidados com a pele. Se estiver seco ou maduro, você precisa de um hidratante pesado, enquanto que para a pele oleosa e mista, um hidratante leve e sem óleo faria. É muito saudável para a pele e para o corpo, você terá muito mais energia para continuar a sua tarde. Além disso, ter uma pele saudável também significa um corpo e mente saudáveis. Você não pode conseguir uma pele verdadeiramente saudável e bonita sem abordar também a saúde do seu corpo como um todo.

Idéias, Fórmulas e Atalhos para uma Pele Saudável e Bonita

Quanto mais tempo você estiver fora, mais tempo sua pele ficará exposta à radiação. A pele é responsável por inúmeras atividades importantes do corpo. Sua pele é a parte mais importante da sua saúde. Embora as pessoas de pele clara sejam mais propensas ao fotoenvelhecimento e ao câncer de pele, os tipos de câncer que afetam pessoas com pele mais escura tendem a ser mais graves. A pele fundamentalmente saudável deve ser uniforme, livre de manchas, corar e saudável. Pele saudável e bonita é uma boa indicação de um nível geral de saúde geral e condicionamento físico. Para ter uma aparência digna, a pele saudável é ter uma boa rotina de cuidados com a pele.

 

Quais são os sintomas de que seu corpo precisa de colágeno

O colágeno é a proteína mais abundante nos animais e representa quase 30% de toda proteína do organismo. Ele não possui valor nutricional, entretanto sua capacidade de formar fibras lhe garante imensa diversidade funcional.

O termo colágeno deriva do grego e significa literalmente “produção de cola”. Assim, sua denominação está ligada a uma de suas funções principais que é a capacidade de regeneração da pele.

Além disto, ele mantém as células agregadas e fortalecidas e também auxilia no processo de hidratação do corpo. Existem evidências que existe uma relação entre a perda progressiva de colágeno e o envelhecimento humano.

Esta proteína ocorre em diversos locais ao longo do tecido conjuntivo. Exemplos são os ossos, cartilagens, tendões, pele, veias, dentes e músculos.

Entretanto, sua propriedade elástica é que tem fomentado muitos estudos e pesquisas em favor da pele. Comprova-se que com o avançar da idade a pele perde o viço. A sua estrutura de sustentação afrouxa, havendo relação direta com a perda progressiva de colágeno.

Devido ao entendimento desta correlação é que tem crescido a orientação ao consumo de colágeno exógeno, principalmente pelo público feminino.

Entenda os sintomas do corpo de que há deficiência em colágeno e depois pesquise sobre o Renova 31, um produto muito bom que repõe a necessidade de colágeno do seu corpo.

Com o envelhecimento o corpo perde proporcionalmente a capacidade de produzir fibras de colágeno. Afirma-se que é a partir dos 30 anos que essa perda tenha início, sendo uma queda de 1% ao ano. Algumas destas manifestações são:

colageno

Rugas

As rugas são aquelas marcas que se formam principalmente em torno dos olhos e da boca. São marcas evidentes de expressão.

O colágeno é quem garante a elasticidade da pele. Assim, ele permite que ela se contraia e se distenda voltando sempre ao seu estado natural. Entretanto, com a perda de colágeno essa elasticidade diminuiu e a pele forma rugas e linhas de expressão.

Os famosos pés de galinha, marcas no canto externo dos olhos, são um indício da deficiência na produção de colágeno.

Flacidez

A sustentação de nossa pele é garantida pela capacidade do colágeno de manter compactas as células do tecido cutâneo.

Sem este fator de adesão o tecido afrouxa e por isso a pele fica flácida, sem sustentação. Este aspecto não firme juntamente com as rugas são um indicativo expresso do avanço da idade.

Estrias

Uma das mais rejeitadas inimigas das mulheres, as terríveis estrias, também são fruto da falta de colágeno no organismo.

A pele saudável tem a capacidade de se distender e voltar ao seu estado natural. Contudo, diante da deficiência de colágeno ela perde essa elasticidade.

Condições como as causadas pelas mudanças do corpo na adolescência e gestação favorecem o surgimento das estrias. Após a distensão sofrida a pele sofre deixando estas marquinhas. Elas são justamente o resultado do rompimento das fibras de colágeno.

colageno-hidrolisado-melhor-marca-6

Dores articulares

O colágeno também é fator de força e elasticidade para articulações e ligamentos. A cartilagem que reveste as articulações fica frágil e porosa diante da deficiência de colágeno.

Com isto temos a propensão a lesões aumentada. Há também o surgimento de dores articulares devido à fragilidade desta região sem a composição devida de colágeno.

Cabelos fracos

A proteína mais abundante do organismo também entra na constituição da fibra capilar. Se há deficiência de colágeno o fio tende a ficar menos espesso, ou seja, há uma redução no seu diâmetro.

Essa condição deixa o cabelo mais fraco e quebradiço, vulnerável aos agentes agressores externos, como o sol por exemplo.

Contudo, vale lembrar que o organismo tem mecanismos fortemente integrados. Para a formação do colágeno são imprescindíveis a vitamina C, E e outros aminoácidos essenciais. Sem a vitamina C a produção do colágeno é simplesmente interrompida.

Por isso uma alimentação equilibrada é muito importante. Sem os substratos básicos o corpo não consegue produzir colágeno endógeno.

Assim, a fim de retardar estes e outros efeitos causados pela perda de colágeno é necessário fazer suplementação deste componente.

Principalmente pelo fato de perdermos esta proteína tão importante na medida em que envelhecemos é que precisamos fazer uma reposição.

O colágeno não endógeno é mais consumido em sua forma em cápsulas ou pó. Mas é nesta última que ele consegue ser absorvido com mais eficiência. Existem também muitos cosméticos à base de colágeno que são utilizados na pele principalmente do rosto. Eles irão exercer uma função tensora na pele. Entretanto, a aplicação tópica somente não supera a necessidade da ingestão da proteína via alimentação ou suplementação.

Devido a isto, a garantia do fornecimento adequado de colágeno ao organismo vai além da questão estética. A saúde do tecido conjuntivo como um todo depende desta proteína estrutural. Ossos, músculos, pele, toda nossa estrutura de sustentação depende deste componente elementar.

Somente através de alimentação equilibrada, exercícios físicos e suplementação preventiva os efeitos da perda de colágeno podem ser retardados. E quanto mais cedo medidas de cuidado forem adotadas maiores as chances de manter sua concentração suficiente.

 

 

 

 

 

 

 

 

O que é, como age e como obter colágeno?

O que é colágeno?

Esta proteína é formado por aminoácidos tais como glicina, prolina, hidroxi-prolina e arginina, e a sua presença, também depende da quantidade de zinco, cobre e silício. O colágeno é encontrado em todas as estruturas importantes do corpo, como ossos, tendões e ligamentos, e é ele que mantém uma certa firmeza e elasticidade da pele.

colagénio dá força para as estruturas do corpo, protege e forma uma barreira contra as substâncias tóxicas, toxinas, microorganismos e células cancerosas. Além disso, protege as paredes dos vasos sanguíneos, trato digestivo, coração, rim, vesícula biliar e bexiga. É também o principal componente do cabelo e unhas como a Cola egípcia . O colágeno é o grosso da derme. O seu papel é apoiar a pele, por isso a falta de colágeno leva a flacidez da pele.

Como estimular a produção de colágeno da pele?

Aos 25 anos , o corpo reduz a produção de colágeno. Após 40 anos, a queda é muito mais significativa, até 1% ao ano. Aos 70 anos, a perda de colágeno é de 30%. As principais causas são a ação dos radicais livres que destroem o colágeno existente, o envelhecimento, os maus hábitos alimentares, a ingestão de drogas e a deficiência de minerais, vitaminas e aminoácidos.

A vitamina C é um dos antioxidantes mais poderosos que ajudam a manter altos níveis de colágeno. Muitas frutas, frutas cítricas e vegetais são uma fonte natural de vitamina C. Se você é um fumante, dobrar sua ingestão de vitamina C, porque o tabagismo é uma das fontes mais importantes de destruição das fibras de colágeno ea formação de radicais livres.

Alimentos ricos em proteínas, como o leite de soja, também aumentam a produção de colágeno. A coenzima Q10 melhora a atividade celular, repara a pele e ativa a produção de colágeno. Existem também suplementos como o Renova 31 que são a base de produtos naturais e estimulam o colágeno.

A melhor maneira de evitar a perda de colágeno é aplicar protetor solar e evitar a exposição prolongada ao sol. Aplicado à pele como máscaras ou cremes, o colágeno atua como reparador. Mesmo que não entre na derme, ajuda a restaurar as camadas superficiais.

Cosméticos à base de vitamina C, vitamina A e silício são projetados para estimular a produção de colágeno , ativando a renovação celular. Eles também protegem a pele contra a ação dos radicais livres.

frequência rádio é uma técnica com base na radiação electromagnética que está a um nível mais profundo da derme, causando a activação da produção de Renova 31. A longo prazo, as células envelhecidas são substituídas.